História política e pensamento epidemiológico

Breilh e a economia política da saúde

  • Isabel Figueiredo Pereira de Souza
  • Áquilas Mendes
  • Leonardo Carnut Professor Adjunto da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Palabras clave: Saude Coletiva, Epidemiologia, Economia da Saúde, Reforma Sanitaria

Resumen

O objetivo deste estudo é realizar uma aproximação entre o pensamento epidemiológico de Jaime Breilh e a economia política marxista, identificando os pontos de convergência entre suas análises sobre a saúde como um fenômeno social multideterminado. Para isso, foi realizado um ensaio teórico-conceitual, através de uma análise de conteúdo dos excertos dos dois primeiros capítulos do livro de Breilh intitulado Epidemiologia Crítica: ciência emancipadora e interculturalidade. Nestes, expôs-se a construção de seu pensamento epidemiológico cotejando com a conjuntura histórica e política da sua produção intelectual que justificam os tangenciamentos entre construto epidemiológico e economia política.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Publicado
2019-05-31
Cómo citar
Souza, I., Mendes, Áquilas, & Carnut, L. (2019). História política e pensamento epidemiológico. Revista Guillermo De Ockham, 17(1), 77-84. https://doi.org/10.21500/22563202.4039
Sección
Original papers